Lactose, intolerancia a lactose, intolerância a lactose, intolerância à lactose, intolerância a lactose, alergia a lactose, leite sem lactose, reacoes da lactose no organismo, receitas sem lactose e lactase.

   LACTASE


Lactose, Intolerancia a Lactose, Lactaid

 

Colageno Clique aqui para ler matéria: "Milhões de brasileiros têm intolerância à lactose" (Folha Online - 12/10/2004)Indicar Lacdose
 

Lactose, intolerancia a lactose, intolerância a lactose, intolerância à lactose, intolerância a lactose, alergia a lactose, leite sem lactose, reacoes da lactose no organismo, receitas sem lactose e lactase. Todo natural;
Lactose Indicado para quem tem Intolerância à Lactose;
intolerancia a lactose Softgels de fácil digestão;
 intolerância a lactose Concentrado, Seguro e Eficaz;
intolerância à lactose Contém enzimas digestivas lactase;
alergia a lactose Pode ser usado diariamente;
 receitas sem lactose e lactase.
Protuto Ético;
leite sem lactose Industrializado nos EUA.


O que é INTOLERÂNCIA À LACTOSE ?

É a incapacidade de digerir a lactose, resultado da deficiência ou ausência da enzima intestinal chamada lactase. Esta enzima possibilita decompor o açúcar do leite em carboidratos mais simples, para a sua melhor absorção. Este problema ocorre em cerca de 25% dos brasileiros.

Há três tipos de intolerância à lactose, que são decorrentes de diferentes processos. São eles:

1) deficiência congênita da enzima;

2) diminuição enzimática secundária a doenças intestinais;

3) deficiência primária ou ontogenética.

 

Podemos dizer que atualmente a lactase é a melhor alternativa para um bom grupo de pacientes com intolerância à lactose. Qualquer pessoa, de qualquer idade, que sofra de intolerância à lactose pode se beneficiar com a lactase

 
  Rogério Numeriano, 44 anos, Diretor e Gestor de Pesquisa e Marketing da Vitabrasilnet

O primeiro tipo é um defeito genético muito raro, no qual a criança nasce sem a capacidade de produzir lactase. Como o leite materno possui lactose, a criança é acometida logo após o nascimento.

O segundo tipo é bastante comum em crianças no primeiro ano de vida e ocorre devido à diarréia persistente, pois há morte das células da mucosa intestinal (produtoras de lactase). Assim, o indivíduo fica com deficiência temporária de lactase até que estas células sejam repostas.

Estatisticamente, o terceiro tipo é o mais comum na população. Com o avançar da idade, existe a tendência natural à diminuição da produção da lactase. Esse fato é mais evidente em algumas raças como a negra (até 80% dos adultos têm deficiência) e menos comum em outras, como a branca (20% dos adultos).

Causas e sintomas

Devido a essa deficiência, a lactose não digerida continua dentro do intestino e chega ao intestino grosso, onde é fermentada por bactérias, produzindo ácido láctico e gases (gás carbônico e o hidrogênio, que é usado nos testes de determinação de intolerância à lactose). A presença de lactose e destes compostos nas fezes no intestino grosso aumenta a pressão osmótica (retenção de água no intestino), causando diarréia ácida e gasosa, flatulência excessiva (excesso de gases), cólicas e aumento do volume abdominal.

Os sintomas mais comuns são náusea, dores abdominais, diarréia ácida e abundante, gases e desconforto. A severidade dos sintomas depende da quantidade ingerida e da quantidade de lactose que cada pessoa pode tolerar. Em muitos casos pode ocorrer somente dor e/ou distensão abdominal, sem diarréia. Os sintomas podem levar de alguns minutos até muitas horas para aparecer. A peristalse, ou seja o movimento muscular que empurra o alimento ao longo do estômago pode influenciar o tempo para o aparecimento dos sintomas. Apesar de os problemas não serem perigosos, eles podem ser bastante desconfortáveis.

Tratamento

Não há tratamento para aumentar a capacidade de produzir lactase, mas com o avanço da tecnologia nutricional a novidade agora está na técnica de suplementação da enzima digestiva sem a necessidade de se controlar a dieta. A solução é o uso de produtos avançados, como por exemplo a  Enzima Lactase, que suplementam a deficiência da enzima lactase do organismo. 

Podemos dizer que a lactase é a melhor alternativa para um bom grupo de pacientes com intolerância a lactose. Qualquer pessoa, de qualquer idade, que sofra de intolerância à lactose pode se beneficiar com a lactase.

Agora, a maioria dos jovens e adultos não precisam mais evitar a lactose completamente. As pessoas com intolerância à lactose não necessitam mais ter uma dieta extremamente rigorosa, basta apenas que se tenha uma suplementação adequada da enzima lactase. As pessoas podem agora usar a Enzima Lactase e voltar a ter uma dieta totalmente normal.

Sobre Enzima Lactase

A Enzima Lactase é uma suplementação natural da enzima digestiva lactase, a Enzima Lactase faz com que todos os laticínios sejam digeridos facilmente por você. Se você tem intolerância à lactose, Enzima Lactase é a solução.

Enzima Lactase é um suplemento nutricional que faz os alimentos lácteos serem bem digeridos. 

Se você faz parte do grupo de milhões das pessoas em todo o mundo que sofrem dos sintomas da intolerância ao leite, como gases, flatulências, estômago empachado ou diarréia - quando você ingere algum laticínio - como queijos, sorvetes e bolos, então a Enzima Lactase é ideal para você. 

Enzima Lactase contém uma enzima natural, chamada lactase que ajuda seu corpo a quebrar e a digerir a lactose existente nos alimentos derivados do leite. Lactose é um tipo de açúcar encontrado em todo tipo de leite animal.


Como ADMINISTRÁ-LO ?

A Enzima Lactase não é uma medicação, mas uma enzima (lactase) que faz parte do nosso organismo ou deveria fazer. É considerado um suplemento alimentar, que supre o organismo de algo que lhe falta. Esta enzima por ser natural não possui efeitos colaterais, nem induz a dependência, além de não perder a eficácia ao longo do uso, podendo assim ser prescrito por médicos e/ou nutricionistas.

Você pode começar tomando 1 comprimido de Enzima Lactase toda vez que for se alimentar com algo que contenha lactose para medir seu nível de intolerância à lactose. Caso sinta ainda os desconfortos da intolerância você mesmo pode ir aumentando a quantidade comprimidos até determinar a dosagem ideal para você.

Na grande maioria dos casos, não será necessário tomar mais do que 3 comprimidos por vez, pois cada tablete mastigável Enzima Lactase é muito concentrado em enzimas lactase (1.750 FCC units), mas como a Enzima Lactase é um suplemento totalmente natural você poderá usar a quantidade que for necessária para você.

Você pode usar Enzima Lactase diariamente junto com todas as suas refeições. Enzima Lactase é totalmente natural.

Converse com o seu nutricionista ou médico especializado sobre este suplemento alimentar, ele é o profissional mais indicado para aconselhar o uso correto do produto.

 

Este artigo tem somente o propósito informativo e não tem a intenção de substituir uma orientação profissional. O uso de VITAMINAS, MINERAIS e SUPLEMENTOS ALIMENTARES pode trazer excelentes resultados para você, mas antes de utilizar qualquer produto para a saúde recomendamos consultar um NUTRICIONISTA, MÉDICO (ortomolecular) ou outro especialista para sua avaliação e acompanhamento.





 Em até 3 X sem juros

[home] [topo] [volta]

 Esta matéria e todas as informações contidas neste site são de propriedades da Vitabrasilnet Ltda.
Nenhuma parte deste website pode ser reproduzida sem a expressa autorização da Vitabrasilnet.
© Todos os direitos reservados

PALAVRAS-CHAVES: Intolerância a lactose, intolerância à lactose, intolerância lactose, alergia a lactose, reacoes da lactose no organismo, receitas sem lactose, receita sem lactose, alergia de lactose, leite sem lactose, produto sem lactose, lista alimento contem lactose, receita intolerancia a lactose, leite com baixo teor de lactose, fabricante lactose, intolerancia lactose proteina animal, teste respiratorio lactose, chocolate sem lactose, lactose alergia, soro e lactose, tolerancia a lactose, alimento bebe intolerancia lactose, quais os alimento que contem mais a lactose, alergia leite vaca lactose, dica de alimento sem lactose, dieta lactose, fisiologia da lactose, alimento sem lactose, alimento ricos lactose, cardapio intolerancia lactose, alergia ao leite, alergia ao leite de vaca e alergia proteina do leite.